Nunca conheceu a Seazone presencialmente e fatura R$95.240,15 com imóvel à venda, morando nos EUA

Nunca conheceu a Seazone presencialmente e fatura R$95.240,15 com imóvel à venda, morando nos EUA

  • Meses com a Seazone:  10 meses
  • Noites reservadas: 168
  • Reservas recebidas: 41
  • Receita total: R$ 95.240,1

Desafio: Ajudar um proprietário que mora nos estados unidos, a rentabilizar um imóvel que está à venda, fechado a meses e sem cuidados.

História

Patrique se mudou com a família para os Estados Unidos somente com a roupa do corpo, desde então, seu imóvel está à venda e por isso, fechado e sem os cuidados necessários para garantir sua manutenção preventiva.

Após desistir do aluguel anual, pelo foco na venda,

Patrique foi em busca de um serviço que fosse confiável e transparente, e que pudesse auxiliá-lo à distância, sem depender do seu tempo e cuidados.

Então os desafios eram os seguintes:

  • Arrumar o imóvel para alugar, estando morando em outro país
  • Confiança em um serviço que fosse transparente e de qualidade
  • Possibilidade do imóvel continuar a venda, seu objetivo principal.

Solução

Possuímos um time de implantação focado nos momentos iniciais do imóvel logo depois que o proprietário confirma interesse em trabalhar conosco.

Esse processo contém uma série de serviços essenciais a serem feitos antes de alugar, pois evitam reviews negativos e facilitam o aluguel de várias reservas em um curto período de tempo.

Neste caso, nosso serviço de implantação conseguiu organizar, limpar, e arrumar o imóvel para receber hóspedes sem precisar do proprietário, o que foi decisivo para o negócio dar certo.

Além disso, o sistema de transparência da Seazone, deu segurança ao Patrique de que ele podia confiar em um serviço profissional para rentabilizar seu imóvel.

Desempenho

  • Meses com a Seazone:  10 meses
  • Noites reservadas: 168
  • Reservas recebidas: 41
  • Receita total: R$ 95.240,1

Testemunho

“Moro nos EUA e nunca conheci presencialmente a empresa, faço tudo digitalmente e até agora tem me surpreendido.”

Patrick