Manhattan Flats: Imóveis como investimento em itapema

Manhattan Flats: Imóveis como investimento em itapema

Desafio: Gerir o aluguel para investidores de Flats com vista para o mar em Itapema

Retorno esperado: 8,1% ao ano depois de impostos

História

O Grupo Seazone tem como missão transformar imóveis em investimento. Dessa forma oferecemos uma solução completa para o mercado: a gestão profissional do aluguel, o desenvolvimento de empreendimentos de máxima rentabilidade e a inteligência de dados para permitir que isso aconteça.

No caso do Manhattan Flats, o projeto já estava em andamento, quando a incorporadora N1 ficou sabendo da possibilidade de utilizar a solução da Seazone como um serviço inovador, profissional e que pudesse entregar rentabilidade a seus compradores.

Já pensando em desenvolver imóveis para investidores, a Incorporadora N1 projetou o empreendimento Manhattan Flats pensando no aluguel. Eram apartamentos pequenos, com vista para o mar, e com rooftop diferenciado.

Porém, no momento de vender o empreendimento, surgiram algumas dificuldades

  • Como ajudar o investidor a entender o potencial de rentabilidade das unidades?
  • Quem seria responsável por oferecer um modelo flexível de operação aos diferentes tipos proprietários?
  • Como adequar o projeto para maximizar a rentabilidade?

Solução

No caso do Manhattan Flats, analisando os dados da região, identificamos uma alta demanda por imóveis de alto padrão e com capacidade de até 4 pessoas. Isso foi comprovado pela grande quantidade de imóveis parecidos na região de 1 quarto com capacidade para até 4 pessoas que chegam a faturar entre 50 a 61 mil reais.

A sacada aqui, foi a possibilidade de alterar o projeto do flat, para em um imóvel de 40 m2, poder ser dois conjugados de 20m2 cada um.

Essa mudança no projeto pôde ser justificada pois imóveis parecidos na região de 1 quarto com capacidade para até 2 pessoas, chegavam a faturar 33 a 44 mil reais, que pelo fato de serem 2 unidades em uma, projetou o faturamento em 66 a 88 mil reais por unidade.

Retorno esperado: 8,1% ao ano