Pool de locação: O que é e como aproveitar para alugar mais quartos!

Pool de locação: O que é e como aproveitar para alugar mais quartos!

Poucos proprietários podem conhecer o pool de locação, mas muitos podem se beneficiar com esse investimento que está ganhando cada vez mais adeptos.

O empreendimento não apenas traz vantagens para os donos de imóveis, como também oferece novas possibilidades de aluguel para os anfitriões.

No passado, era comum acreditar que só existia uma maneira de alugar uma acomodação. Mas o surgimento das plataformas de anúncios modificaram essa crença, e agora o pool hoteleiro também vem se destacando.

Por isso, se você quer conhecer novas formas de alugar o seu imóvel e ter rendimentos consideráveis, vale a pena aprender mais sobre o pool de locação.

Confira nosso guia completo para conferir o que é esse investimento, como funciona e quais os benefícios que ele traz para os proprietários.

O que é pool hoteleiro?

Pool hoteleiro, ou pool de locação, é um empreendimento onde diversos proprietários de um imóvel, flat ou apartamento, transferem sua gestão para uma administradora hoteleira.

Dessa forma, a instituição passa a alugar os apartamentos com suas próprias condições, além de utilizar as áreas comuns do condomínio e dos bens do imóvel, como:

  • Piscina;
  • Área de lazer;
  • Decoração do imóvel;
  • Mobílias;
  • Instalações como internet e ar-condicionado;

Enquanto isso, os proprietários se tornam sócios do empreendimento, e recebem a divisão dos lucros depois de subtrair as taxas e impostos.

O objetivo do pool de locação é que a administradora hoteleira possa explorar as unidades imobiliárias, geralmente localizadas em um mesmo prédio ou condomínio.

Como o pool de locação funciona?

Ao ceder seu imóvel para um pool hoteleiro, o proprietário assina um contrato com a empresa responsável, formando uma Sociedade em Conta de Participação (SCP).

Nesse caso, a administradora se torna sócia ostensiva e o dono do imóvel fica como sócio participante do acordo.

Esse contrato determina todas as obrigações e direitos de cada uma das partes, além dos valores correspondentes, como o fundo de reserva e as taxas a serem pagas.

Posteriormente, a gestão hoteleira se torna única responsável pelos aluguéis do pool de locação, aplicando suas próprias condições para os hóspedes.

No final de cada mês, é feito um balancete com as receitas e despesas, e o saldo é dividido igualmente entre os sócios participantes.

Além disso, os proprietários do imóvel ficam isentos de qualquer responsabilidade de administração, tendo que arcar somente com a taxa do condomínio.

Ainda, esse formato de hospedagem não sofre restrições da Lei do Inquilinato, sem prender o dono do imóvel aos locatários.

Por que você deve levar em consideração o pool hoteleiro?

Embora seja uma modalidade diferente de aluguel, o pool hoteleiro é um empreendimento interessante para se considerar.

Ele traz algumas vantagens para o dono do imóvel, isentando-o de responsabilidades burocráticas, enquanto oferece uma remuneração proveniente de parte dos lucros.

Além disso, o pool de locação é uma forma de ter a rentabilidade de um hotel, mas sem precisar gerir, de fato, uma empresa.

Essa alternativa vem se tornando popular no mercado, por oferecer mais estabilidade. É possível receber a divisão dos valores recebidos mesmo que seu imóvel não tenha sido tão alugado, por exemplo.

Por isso, vale a pena considerar o pool hoteleiro como opção de investimento, principalmente se outros apartamentos e flats do mesmo condomínio estiverem entrando no acordo.

Benefícios do pool de locação para o seu imóvel

Para conhecer melhor o pool de locação, vale a pena conferir alguns dos benefícios que ele traz para o seu imóvel. Veja os principais:

Cobranças e taxas administradas pelo responsável da locação

Quando o proprietário participa do pool hoteleiro, ele deixa de ser responsável pelas cobranças e pelas taxas do imóvel.

Com isso, a gestão administradora passa a arcar com tudo, exceto pela taxa do condomínio.

Essa vantagem reduz custos para o dono do imóvel, além de evitar processos que envolvem cobranças e gastos oficiais.

Manutenções realizadas pelo administrador do pool hoteleiro

Além disso, é o administrador do pool de locação que se responsabiliza pelas manutenções de todos os imóveis.

Isso significa que quaisquer problemas encontrados no apartamento ou flat serão consertados pela gestão, sem que o proprietário precise gastar com isso.

Sócios participantes recebem valor mensal

Outra vantagem interessante do pool de locação é que os sócios participantes recebem um valor mensal, independente do desempenho do seu imóvel.

Mesmo se o local for alugado menos vezes, o dono não deixará de receber a remuneração todos os meses, o que traz estabilidade e maior rentabilidade.

Atendimento ao hóspede todo realizado pela administradora contratante

Outro ponto fundamental no segmento de aluguel de imóveis é o atendimento ao hóspede.

Não apenas durante o acordo da reserva, mas também ao longo de toda a locação, atendendo solicitações e resolvendo problemas.

Com o pool de locação, essa responsabilidade passa a ser da gestão hoteleira.

Rendimentos crescem no pool hoteleiro a médio e longo prazo

Por fim, um dos benefícios do pool hoteleiro é que os rendimentos apresentam crescimento a médio e longo prazo, tornando o investimento ainda mais atrativo.

Muitas pessoas aplicam recursos nesse empreendimento por sua valorização a longo prazo, além de que as atividades de locação ganham visibilidade com o tempo, atraindo mais hóspedes.

Principais taxas relacionadas ao pool hoteleiro

Por outro lado, antes de participar de um pool de locação, é fundamental conhecer as principais taxas relacionadas a esse investimento:

Taxa condominial do pool de locação

Esta é a única taxa que o dono do imóvel deve arcar todos os meses.

 Assim como em processos de locação de apartamentos, por exemplo, o proprietário paga a taxa do condomínio, com ou sem aluguel vigente.

O valor muda de acordo com o local e as condições do condomínio, mas não costuma ser uma tarifa muito acima da média do mercado.

Taxa administrativa

As taxas administrativas costumam ser o valor cobrado por diferentes gestões para a prestação de serviços.

Nesse caso, por se tratar de um investimento, empresas como as corretoras podem cobrar tarifas de administração.

No entanto, a gestão hoteleira arca com todas as despesas relacionadas a isso.

Tributação de rendimentos no pool de locação

Por fim, a distribuição de lucros costuma ser uma operação que possui tributação no mercado de investimentos.

Entretanto, os rendimentos de um pool de locação são isentos de Imposto de Renda. Ou seja, tanto quem distribui, quanto quem recebe os lucros, não precisa pagar tributação.

Mas é preciso que as escrituras do imóvel estejam em ordem e ele esteja devidamente cadastrado no Ministério do Turismo, para não ter problemas fiscais.

Quando vale a pena trabalhar com um pool hoteleiro?

Atualmente, existem diversas opções para trabalhar com o aluguel do seu imóvel, como anunciar em plataformas, por exemplo.

No entanto, alternativas como o pool de locação estão se tornando cada vez mais populares, por conta dos benefícios e da rentabilidade.

Por isso, se você procura novos investimentos, pode ser interessante participar de um pool hoteleiro com seu apartamento ou flat disponível.

Além disso, também vale a pena analisar essa opção quando outros imóveis próximos estiverem fechando acordo.

Dessa forma, você poderá aproveitar os lucros, sem se preocupar com burocracias ou processos administrativos, tendo mais tranquilidade enquanto aluga o seu imóvel.